TRATAMENTOS ODONTOLÓGICOS

 Tratamentos Odontológicos com uma visão holística dos nossos clientes

 

 

Instituto Iglesias_SITE.jpg
conforto.png
CONFORTO

As melhores instalações a favor

do seu bem-estar.

qualidade.png
QUALIDADE

Dentistas especializados, materiais certificados e esterilização 100% segura.

preco.png
ACESSO

Tratamentos qualificados que cabem

no seu bolso.

Pré-natal Odontológico

Folheto_1.jpg

O Pré-natal Odontológico é o momento que o dentista observa o estado de saúde bucal da gestante para evitar o agravamento de problemas já instalados e para prevenção de outras doenças bucais, visando contribuir para a saúde da gestante e do seu bebê.

O trabalho do dentista é prevenir ou tratar as doenças orais da gestante e esclarecer as dúvidas das futuras mamães, como aleitamento materno, hábitos e higiene oral. É importante salientar que problemas periodontais em gestantes podem levar ao nascimento de bebê prematuro ou de baixo peso, portanto o ideal é fazer uma avaliação odontológica preventiva antes de engravidar, quando possível.

Nesse período, a mulher se torna mais suscetível a doenças bucais, como a cárie. Um dos motivos é o conjunto de alterações hormonais típico desta fase, que modifica a saliva e o pH da boca. Além disso, o problema é que o conjunto: mudança na salivação, dos hábitos alimentares e da higiene formam o cenário perfeito para a cárie. Essa doença também é considerada um fator de risco ao desenvolvimento da criança. Isso porque a cárie pode trazer consigo a dor, que aumenta a produção de hormônios relacionados ao estresse, como a adrenalina e o cortisol, e podem ser prejudiciais ao feto.

Ao mesmo tempo, o estômago é comprimido pelo útero que está aumentado, e tem sua capacidade diminuída. Assim, a gestante adapta sua rotina alimentar, e pode passar a ingerir pequenas quantidades de alimentos diversas vezes ao dia. Ocorre que nem sempre o número de escovação acompanha esse aumento de refeições. Algumas gestantes costumam dizer que as náuseas são as principais culpadas, já que o enjoo aumenta na hora de escovar os dentes.

Existe também o risco de contaminação da criança, após seu nascimento, pelas bactérias da cárie presentes na boca da mãe. Pesquisadores acompanharam 16 dias de mães com seus filhos (faixa etária inicial entre 4 e 8 meses), por um período de 20 meses. Foi relatado na pesquisa que as mães foram as principais fontes de infecção de cárie para seus filhos, com uma taxa de ocorrência de transmissão de 81,3%

Folheto_2.jpg

Exame Preventivo de Boca

LPB 2.jpg

Através da coleta de saliva e células da boca, conseguimos enviar a amostra ao laboratório histopatológico (LPB) e identificar assim a presença ou não de células diferenciadas que favorecem o surgimentos de doenças.

 

O Exame detecta:

 

- Câncer Bucal

- Infecções Bucais

- Gengivite

- Periodontite

- Quantidade de bactérias na boca

LPB_.png

Clareamento Dental

Folheto_1.jpg
Folheto_2.jpg

Lentes de Contato Dental

Programa de Prevenção Infantil

O Programa de Prevenção QS Kids é uma maneira fácil e inteligente de manter as crianças longe das cáries e doenças bucais, afinal este é o tempo de brincar, fazer amizades e aprender muito sobre tudo e não ficar com dor de dente.

 

Está comprovado cientificamente que, com acompanhamento contínuo de um dentista e através de métodos eficientes pode-se ter 99,8% de chances de uma criança não ter cáries, eliminando tratamentos complexos no futuro para crescer saudável e feliz. 

AF_folder_a5_fechado-1_.png
Folheto_CAMPANHA-KIDS-FINAL-2-2 (2).jpg

Toxina Botulínica e Preenchimento Facial

Toxina_Preenchimento_Homem.png

A Toxina Botulínica é uma das mais novas aliadas de tratamentos odontológicos.

A Toxina Botulínica apresenta um grande potencial de emprego na área de atuação do cirurgião-dentista sendo sua aplicação uma alternativa para amenizar problemas relacionados à musculatura orofacial e a glândulas salivares. 

São indicações de uso da toxina botulínica na odontologia: 

• Disfunções da Articulação Temporomandibular (ATM); 
• Dor orofacial; 
• Bruxismo (ranger dos dentes); 
• Apertamento dental; 
• Cefaleia tensional; 
• Sorriso gengival (exposição excessiva da gengiva); 
• Sialorréia (produção excessiva de saliva);
• Uso profilático para a redução da força muscular dos músculos masseter e temporal em alguns casos de implantodontia de carga imediata. 

 

Toxina_Preenchimento.png

A Toxina Botulínica atua em desordens clínicas que envolvem atividade muscular em hiperfunção, inibindo a liberação de de neurotransmissores responsáveis pela contração muscular levando, consequentemente, a um relaxamento muscular. Desempenha um papel no alívio da dor pela inibição da liberação de neuropeptídios associados ao mecanismo de sensação dolorosa. Além disso, quando aplicada em tecidos glandulares, atua no bloqueio da liberação de secreções. 

Importante ressaltar que o efeito da toxina botulínica não é imediato. Ele inicia entre 48 a 72 horas após a aplicação. Após 15 dias da administração (quando atinge pico máximo de atuação) deve-se avaliar a necessidade ou não de retoques, principalmente em procedimentos estéticos funcionais como no caso do sorriso gengival. A durabilidade do efeito depende de vários fatores individuais, podendo variar em torno de 4 a 6 meses. Depois desse período os músculos readquirem a capacidade normal de contração. 

As contra-indicações da toxina botulínica são mínimas, sendo raras as reações sistêmicas. Não deve ser utilizada em gestantes, lactantes, em pacientes com hipersensibilidade ao medicamento, em pessoas que façam uso de medicamentos potencializadores do bloqueio muscular e em pacientes com doenças imunológicas que levem a comprometimento muscular. 

 

CADASTRE SEU E-MAIL

E RECEBA CONTEÚDOS EXCLUSIVOS